Ilustração de mulher sentada em sofá. Em uma das mãos ela segura uma xícara e na outra escreve em um caderno

Dicas para sua próxima consulta com o ginecologista

4 de mar de 2024
comentários

Será que você sabe o que o ginecologista faz na primeira consulta? Separamos um passo a passo para a sua próxima consulta ginecológica. Bora!

Quatro milhões de brasileiras nunca fizeram uma consulta com um ginecologista e outras 5,6 milhões não têm o hábito de ir regularmente ao consultório desse profissional da saúde. O motivo? Para 11% delas, a vergonha é a principal razão 😔.

 

LEIA TAMBÉM:

 

Esse foi o resultado da pesquisa Expectativa da mulher brasileira sobre sua vida sexual e reprodutiva: as relações dos ginecologistas e obstetras com suas pacientes”, realizada um ano antes da pandemia pela Febrasgo, que é a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.

 

O estudo é uma comprovação de como a saúde íntima feminina ainda é permeada por muitos estigmas. Mas passou da hora de mudar isso, concorda?

 

Ilustração de médica ginecologista. Ao lado dela desenhos de útero, absorvente menstrual, espermatozoides e o símbolo do sexo feminino

 

Quando deve ser a primeira consulta com o ginecologista

Se você está lendo este artigo e nunca foi ao ginecologista, provavelmente, já está atrasada. Isso porque, segundo a Febrasgo (Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia), as meninas devem realizar a primeira consulta com o ginecologista por volta dos 10 anos de idade.

 

Entretanto, é mais comum que essa visita inicial ao especialista ocorra após a primeira menstruação (menarca) ou, até mesmo, apenas quando há alguma irregularidade no ciclo menstrual ou quando se inicia a vida sexual

 

Mas, segundo a Febrasgo, é importante que o ginecologista inicie o acompanhamento da sua vida adulta antes mesmo desses grandes acontecimentos, como a menstruação e as relações sexuais. Até mesmo para identificar os sinais que o seu corpo e, principalmente, te deixar informada e preparada para cada uma das novidades que irão surgir em relação ao seu corpo (e, acredite: serão muitas ao longo da vida!).

 

O que o ginecologista faz na primeira consulta

Pode ficar tranquila em relação à sua primeira consulta com o ginecologista. É bem provável que a primeira consulta seja mais uma conversa para entender o seu estilo de vida e o momento pelo qual você está passando. Algumas questões que podem ser abordadas são:

 

 

É muito importante que o médico te deixe à vontade para que você tire as suas dúvidas. Lembre-se de que este é um ambiente seguro, onde você deve se sentir acolhida – e temos um artigo explicando direitinho o que o ginecologista pode contar aos pais

 

E se você tiver vergonha de ter a companhia de um adulto dentro do consultório, saiba que acima de 12 anos a paciente pode participar da consulta desacompanhada, desde que seus pais ou responsáveis concordem. 

 

Vale conversar com eles e pedir essa privacidade, para você se sentir mais à vontade para conversar com o médico sobre assuntos mais íntimos, como sexualidade e métodos contraceptivos

  

Afinal, como se preparar para a consulta com o ginecologista?

Uma dica que vale para qualquer tipo de consulta médica é: anote as suas questões, para não dar branco na hora e esquecer algo importante. Sejam dores, incômodos, dúvidas ou pedidos, não deixe de compartilhar com o especialista, já que a consulta é exatamente para isso. Algumas perguntas que você pode fazer ao ginecologista são:

 

 

Esses, claro, são apenas alguns questionamentos para te dar uma direção. Mas você, melhor do que ninguém, vai saber quais pontos devem ser mais abordados. 

 

Além das perguntas, é interessante que você leve algumas informações que o ginecologista pode querer saber, como:

 

  • Data da última menstruação (registre tudo no calendário menstrual de Kira);

  • Métodos contraceptivos que você gostaria de conhecer melhor;

  • Seu histórico médico (para além das questões ginecológicas).

 

E se você sentir que a consulta não foi boa e o médico não te deu o acolhimento esperado, não hesite em procurar outro, ? Existem diversos profissionais incríveis, e às vezes demoramos um pouquinho mais para encontrar algum que combine com o nosso perfil, mas esse é uma busca fundamental! 

 

Tati Barros

Jornalista mineira, com mais de dez anos de experiência. É criadora e apresentadora do podcast Solteira Profissional, que aborda o universo de relacionamentos e sexualidade. Produz conteúdos para diversos veículos e formatos, com foco, especialmente, nas editorias de saúde, bem-estar e comportamento. Tem um grande interesse em pautas feministas e sempre está envolvida com essa temática.


Ficou com dúvidas? Kira Responde

Conteúdos pra você

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!