Ilustração de menina de cabelos longos com cara de dúvida para ilustrar artigo sobre quantos dias a menstruação pode atrasar. Ela usa camisa amarela

Quantos dias a menstruação pode atrasar - sem que você precise surtar!

29 de jan de 2024
comentários

Você sabe quantos dias a menstruação pode atrasar? Explicaremos o que faz a menstruação atrasar e até quantos dias pode ocorrer esse atraso. Vem!

Quando a menstruação não desce no dia certo, mesmo que atrase só um dia, tem menina que fica preocupada com a possibilidade de estar grávida. Se é o seu caso, respire fundo e saiba que é normal a menstruação atrasar. Sim, acontece, mesmo sem um bebê crescendo na sua barriga 😉. Na verdade, segundo os médicos, existem diversos fatores físicos e emocionais por trás da ausência de menstruação no dia certo. Vem entender até quantos dias a menstruação pode atrasar.

 

Ilustração de menina na frente do computador com uma das mãos sobre o rosto cobrindo um dos olhos para ilustrar artigo sobre o que faz a menstruação atrasar

 

O que faz a menstruação atrasar

São vários os fatores que podem fazer com que o sangramento não desça no dia previsto, como:

 

1) Estresse

Uma semana de provas, um momento angustiante na vida pessoal, um acidente... tudo isso pode fazer a menstruação atrasar. Seu corpo sente a ansiedade e o estresse e o ciclo menstrual pode se alterar, porque vários outros ciclos que você percebe menos, como os ligados aos hormônios, também estão alterados pelo estresse – e tudo no corpo é interligado.

 

2) Mudanças na rotina

Uma viagem ou um trabalho diferente são acontecimentos que também entram na conta do estresse. Seu corpo pode sair do ritmo normal porque você está ingerindo comidas diferentes e em outros horários, dormindo e acordando em outros intervalos e, com isso, seu ciclo menstrual pode se alterar.

 

3) Mudanças na dieta 

Alterações na alimentação, com excesso ou falta de calorias, também podem gerar mudanças no ciclo menstrual. A dieta Keto, por exemplo, pode ter relação com atrasos na menstruação, segundo evidências científicas. Essa dieta low carb que já esteve bombando por aí consiste na eliminação de quase todos os carboidratos, como arroz e pão, e aumento do consumo de gorduras boas, como salmão, e de proteínas. 

  

Porém, os carboidratos são os combustíveis do corpo, responsáveis por proporcionar a energia que a gente precisa para fazer até as tarefas mais simples. Quando consumimos poucos carboidratos, o corpo entende que está faltando energia e acaba reduzindo algumas funções, como a produção de hormônios como a leptina. Estudos têm mostrado que, além de regular o apetite, esse hormônio também afeta o ciclo menstrual.

Antes de começar qualquer dieta, é preciso consultar um nutricionista e, de preferência, o seu ginecologista também. 

 

Mas olha só: se a sua saúde está em dia e você deseja perder peso pois não está gostando da imagem que vê no espelho, vale um questionamento. Sabemos que o ideal de magreza é um padrão imposto pela sociedade, construído mesmo. Seu corpo é lindo do jeito que é e merece ser acolhido e amado. Você merece! 🥰

 

Porém, a gente sabe que a saúde mental pode se abalar pelo bombardeamento de imagens de corpos magros nas redes sociais, na televisão, no cinema e por aí vai. Vamos desconstruir esses padrões juntas? E se você achar que precisa de ajuda, vale conversar com um profissional de saúde mental e estar cercada pela sua rede de apoio, ou seja, por pessoas que te amam como você é.

 

4) Rotinas intensas de exercícios

O que vale para a dieta, também vale para exercícios. O excesso de atividade física gasta muita energia, que eventualmente seria destinada ao seu ciclo menstrual, podendo alterar esse ritmo e levar até a ausência da menstruação.

 

O livro "No Period. Now What?" ("Sem Menstruação. E agora?"), produzido com base em pesquisas científicas, descobriu que mulheres que se exercitam de forma intensa e frequente estão mais sujeitas a ter ciclos menstruais irregulares ou a deixar de menstruar. Praticar bastante atividade física, por outro lado, pode ajudar a controlar cólicas e a aumentar a sensação de bem-estar durante o período menstrual.

  

4) Interrupção ou uso incorreto de anticoncepcionais

Quando a mulher usa a pílula anticoncepcional corretamente e decide deixar de usar por algum motivo, o ciclo menstrual pode demorar até seis meses para voltar a se regularizar. Já no uso incorreto, o ciclo fica todo "bagunçado" mesmo, porque o funcionamento da maioria das pílulas prevê uma pausa para a menstruação (que não é a menstruação de verdade, e sim o sangramento hormonal gerado por essa pausa). Nesses dois casos o melhor a fazer é prevenir a gravidez usando um método de barreira, como a camisinha, e ficar atenta ao seu ciclo até que ele se regularize.

 

E falando sobre contracepção, é importante lembrar que o uso de métodos contraceptivos hormonais é uma das formas de regular o ciclo. Muitas meninas desejam adiantar a menstruação para evitar que desça em algum momento especial, como uma viagem à praia ou uma troca de carinhos com o ou a crush.

 

Você pode até encontrar listas na internet com ideias mirabolantes para fazer a menstruação descer mais cedo, mas a ciência diz que elas podem não ser lá muito eficientes. Para ter controle sobre o seu ciclo, bata um papo com o ginecologista. E vale aqui mais uma dica: anote tudo sobre o seu ciclo no calendário menstrual, porque isso vai facilitar sua auto-observação 😉

  

5) Síndrome do Ovário Policístico (SOP)

A Síndrome dos Ovários Policísticos é um distúrbio hormonal bem comum. Como o próprio nome diz, ele acontece quando há cistos (bolsinhas com material semissólido) nos ovários, provocando sintomas como irregularidade menstrual e acne. Então, se você está cheia de espinha e sua menstruação tá meio doidona, vale investigar. 

 

Quem tem SOP pode sofrer com atrasos na menstruação e algumas mulheres chegam a ter até ausência de menstruação por alguns períodos. Se você desconfia que pode ser o seu caso, procure a ginecologista, pois só um profissional da saúde pode fazer esse diagnóstico.

  

A menstruação pode atrasar até quantos dias?

No caso de um atraso menstrual de mais de dez dias, o melhor é fazer um teste de gravidez rápido, aqueles que vendem na farmácia, para tirar a dúvida sobre uma possível gestação. Eliminando essa possibilidade, observe seu corpo e procure um médico caso sinta que os atrasos te pareçam estranhos. 

 

Atraso menstrual: quando procurar ajuda

Vamos lembrar que é normal a menstruação atrasar, e não existe um limite de dias que indique se você está com algum problema. O importante é você se observar e buscar ajuda se sentir que precisa, afinal, quanto mais você conhece seu corpo, menos dúvidas terá 😊

 

E, para fazer esse acompanhamento, já sabe, né? O seu bff da vida é o calendário menstrual. Deixando tudo registradinho ali, vai ficar muito mais fácil para você entender o seu ciclo e, também para a seu ginecologista identificar quando algo sair do normal. 

 

Tati Barros

Jornalista mineira, com mais de dez anos de experiência. É criadora e apresentadora do podcast Solteira Profissional, que aborda o universo de relacionamentos e sexualidade. Produz conteúdos para diversos veículos e formatos, com foco, especialmente, nas editorias de saúde, bem-estar e comportamento. Tem um grande interesse em pautas feministas e sempre está envolvida com essa temática.


Ficou com dúvidas? Kira Responde
Vem fazer parte da Comunidade Intimus®!
Troque ideias sobre suas experiências, tire dúvidas e interaja com meninas e mulheres como você, sobre menstruação ou qualquer outro assunto! Ah, tudo isso sem julgamentos, ok?
Além de toda a troca que você vai ter na comunidade, você ainda ganha recompensas!🏆
Juntas somos mais fortes. 🌸

Conteúdos pra você

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!