Ilustração de mulher de saia roxa e ícones de bactérias e fungos ao redor dela

Candidíase de repetição: saiba as causas e como tratar

13 de mai de 2022
comentários

Será que você sabe o que é candidíase de repetição? Separamos quais são os principais sintomas e como prevenir essa condição. Saiba mais!

A candidíase é uma infecção fúngica, causada pelo fungo cândida que, naturalmente, já habita a nossa flora vaginal. Em alguns casos, essa infecção se torna frequente, a pessoa trata, os sintomas somem, mas logo voltam. E aí é que se dá o nome de candidíase de repetição, quando ela surge mais de três vezes em um mesmo ano. Vamos entender mais sobre essa condição.

 

Ilustração de mulher com avental e estetoscópio médico

 

Sintomas da candidíase de repetição

Segundo a dra. Rebeca Gerhardt, geralmente, a candidíase de repetição apresenta um quadro de:

 

 

A ginecologista destaca que aquele odor parecido com peixe podre, que às vezes acompanha o corrimento, não é um sinal de candidíase, tá? Ele costuma estar associado à vaginose bacteriana. Mas pode ficar tranquila que o seu ginecologista saberá fazer o melhor diagnóstico para esse cenário. 

 

O que causa candidíase de repetição

Lembra que a gente já tem o fungo cândida na nossa ppk, né? Pois bem, a candidíase ocorre devido a um desequilíbrio da flora vaginal, quando o seu pH fica mais ácido do que deveria. Aí esse fungo acaba se reproduzindo além do ideal, causando a candidíase.

 

A dra. Rebeca explica que a candidíase pode ser causada por quatro fatores centrais:

 

 
  • Descuidos locais: uso de calcinhas que abafam a região da ppk, suor na região íntima, longos períodos com biquíni úmido;

  • Eventos emocionais: como estresse, ansiedade e depressão;

  • Questões alimentares: excesso de consumo de carboidrato;

  • Tratamentos incompletos: quando há um caso anterior, mas não é feito o tratamento correto.

 

 

Vale pontuar aqui que a candidíase não é considerada uma IST (infecção sexualmente transmissível)

 

A candidíase, vale dizer também, pode ser auto resolutiva, ou seja, em algum momento você sente o alívio dos sintomas, mesmo sem tratar. No entanto, isso não quer dizer que ela foi curada e, portanto, pode ocasionar a candidíase de repetição.

 

Como tratar candidíase de repetição

A doença deve ser tratada com o uso de pomadas antifúngicas e cremes vaginais por, pelo menos, uma semana. Em casos que o tratamento é feito de forma correta e, mesmo assim, há recorrência, pode ser feito o uso de medicamentos orais por até seis meses”, alerta a dra. Rebeca.

 

No entanto, é essencial não se automedicar e procurar a ajuda de médicos especialistas para evitar um agravamento do quadro, tá? 

 

Tati Barros

Jornalista mineira, com mais de dez anos de experiência. É criadora e apresentadora do podcast Solteira Profissional, que aborda o universo de relacionamentos e sexualidade. Produz conteúdos para diversos veículos e formatos, com foco, especialmente, nas editorias de saúde, bem-estar e comportamento. Tem um grande interesse em pautas feministas e sempre está envolvida com essa temática.


Ficou com dúvidas? Kira Responde

Conteúdos pra você

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!