corrimento-cinza-1

Corrimento cinza pode ser sinal de alerta. Vem entender

28 de abr de 2023
comentários

Será que você sabe o que é corrimento cinza? Nós mostraremos quais são as principais causas e formas de tratamento do corrimento de cor acinzentada. Bora lá!

O corrimento cinza pode ser um sinal de que você está com alguma infecção. Ter corrimento é absolutamente normal para todas as pessoas que menstruam em idade fértil, mas é importante ficar atenta para variações na cor, na textura ou no cheiro. A gente te explica melhor aqui neste artigo.

 

corrimento-cinza-2

 

O que pode ser corrimento cinza pastoso

O corrimento cinza pastoso geralmente é causado por:

 

 
 

 

Quando devo procurar ajuda?
Segundo a ginecologista Rebeca Gerhardt, que sempre bate um papo com a gente em Kira, a ppk precisa estar sempre úmida, e ter um corrimento é o jeito que dela de fazer a autolimpeza.

Mas o corrimento considerado "normal" é transparente ou esbranquiçado em certos momentos do ciclo menstrual. No período fértil, ele assume um aspecto "clara de ovo", levando esse nome justamente por ter uma consistência mais espessa e encorpada, parecendo uma clara de ovo mesmo

 

Um corrimento de cor diferente não é, necessariamente, sinal de problemas. A dra. Rebeca explica que quando a secreção sai da ppk e entra em contato com o oxigênio do ar, pode mudar de cor. "O que vocês veem na calcinha não é o que eu vejo na vagina quando examino. A cor é o que menos importa", diz.

No entanto, vale consultar a ginecologista se você notar o corrimento cinza, principalmente se estiver acompanhado de uma consistência esquisita, de um cheiro estranho ou de outros sintomas, como coceira e ardência na ppk.

Por que o corrimento cinza com odor ocorre?

A vaginose bacteriana, a principal causa de corrimento cinza com odor, geralmente ocorre por um desequilíbrio da flora vaginal. A flora vaginal é o conjunto de microrganismos do bem que vive na ppk para mantê-la sempre saudável. 

 

Momentos de muito estresse, usar roupas apertadas ou de fibra sintética com frequência, transar sem camisinha e o uso de certos antibióticos são alguns dos fatores de risco para esse desequilíbrio, que deixa a região íntima mais sujeita a infecção por bactérias.

 

corrimento-cinza-3

 

Você já deve ter se ligado que a ppk precisa de cuidados, né? E são cuidados simples, que envolvem desde o bem-estar mental até usar roupas adequadas, como calcinhas de algodão, e manter a região íntima sempre sequinha e bem higienizada. E se notar corrimento cinza ou qualquer outro sintoma estranho, já sabe: marque uma visita no ginecologista.

 

Tem mais alguma superdica de cuidado com a ppk? Compartilha aqui 😉

 

Camila Luz 

Jornalista formada pela Cásper Líbero, estudou Mídias Internacionais na Université Paris 8 e é mestre em Jornalismo e Direitos Humanos, com especialização em Diplomacia, pela Sciences Po Paris. Escreve sobre saúde, ciência e tecnologia desde 2016, com maior dedicação à saúde da mulher. Também é consultora em comunicação para organizações internacionais. Vive em Washington D.C. (EUA) e é fã assídua dos livros da Elena Ferrante.

 

Dra. Rebeca Gerhardt

Ginecologista e obstetra formada pela Universidade Estadual de Londrina – sua cidade natal – compartilha todo seu conhecimento médico com Kira e suas leitoras. Fala sem estigmas sobre saúde íntima, sexualidade, cuidados com a ppk e autoestima.


Ficou com dúvidas? Kira Responde
Vem fazer parte da Comunidade Intimus®!
Troque ideias sobre suas experiências, tire dúvidas e interaja com meninas e mulheres como você, sobre menstruação ou qualquer outro assunto! Ah, tudo isso sem julgamentos, ok?
Além de toda a troca que você vai ter na comunidade, você ainda ganha recompensas!🏆
Juntas somos mais fortes. 🌸

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!