Ilustração de anticoncepcional injetável

Anticoncepcional injetável: o que é e como funciona no corpo

20 de dez de 2023
comentários

Você sabe o que é anticoncepcional injetável? Explicaremos o que é e como atua no corpo como método contraceptivo. Saiba mais!

Quando falamos na pílula anticoncepcional, um método contraceptivo bastante comum, é muito importante ter em mente que, para ela cumprir seu papel, é necessário tomá-la todos os dias no mesmo horário. 

 

Se você não tem essa disciplina, é recomendado procurar outro método que te deixe mais segura. Opções para isso não faltam e já falamos sobre algumas aqui neste outro artigo. Agora, chegou a vez de entender como funciona o anticoncepcional injetável. 

 

Ilustração de médica aplicando anticoncepcional injetável em paciente

 

O que é anticoncepcional injetável

O anticoncepcional injetável é um método contraceptivo hormonal bem parecido com as pílulas anticoncepcionais, mas com duas principais diferenças: 

 

 
  • Ele é administrado por meio de injeções, e não de forma oral;

  • Ele é aplicado mensalmente ou trimestralmente, e não ingerido diariamente, como a pílula.

 

 

Mas não é só isso que muda. Enquanto a pílula anticoncepcional é composta por estrogênio e progesterona, o anticoncepcional injetável pode ter como único hormônio a progesterona. Por isso ele é indicado, por exemplo, para quem tem contraindicações ao uso do estrogênio

 

Além disso, tem uma diferença prática disso: te explicamos. 

 

A progesterona é o hormônio que bloqueia a ovulação e atrofia o tecido do endométrio. Então, ao usar um anticoncepcional só com esse hormônio, a menstruação é interrompida. Nesse caso, a injeção é aplicada a cada três meses e a pessoa não menstrua.

 

Alguns anticoncepcionais injetáveis, no entanto, combinam a progesterona e o estrogênio. Nesses casos, a menstruação é mantida e a injeção é aplicada mensalmente.

 

Benefícios do anticoncepcional feminino injetável

As vantagens de qualquer método anticoncepcional vão depender muito do que você busca com ele, para além de evitar a gravidez, tá? Alguns pontos que você pode considerar ao escolher o anticoncepcional injetável são:

 

 
  • Não precisa ser administrado diariamente;

  • Quando aplicado nas datas corretas, é altamente eficaz;

  • Menor chance de esquecimento;

  • Possível redução das cólicas menstruais;

  • Possível redução do fluxo menstrual;

  • Possibilidade de melhora da acne;

  • Tem um menor efeito sistêmico no corpo. 

 

 

Com quantos dias o anticoncepcional injetável faz efeito

Precisamos sempre considerar que cada corpo reage de uma forma, tá? Mas, em geral, o anticoncepcional injetável começa a fazer efeito já na primeira dose

 

No entanto, assim como no caso da pílula contraceptiva, o indicado é que no primeiro mês você tenha relações sexuais com camisinha. Afinal, prevenção nunca é demais, né?

 

Ah, e importante: a primeira injeção deve ser aplicada no primeiro dia da menstruação. As seguintes vão depender se você e seu médico optaram pela aplicação mensal ou trimestral. 

 

Lembrando sempre que a escolha de qualquer método contraceptivo deve ser feita juntamente com o ginecologista. Nada de ir “na onda” da amiga, porque o que funciona para ela pode não ser o melhor para você. 

 

Tati Barros

Jornalista mineira, com mais de dez anos de experiência. É criadora e apresentadora do podcast Solteira Profissional, que aborda o universo de relacionamentos e sexualidade. Produz conteúdos para diversos veículos e formatos, com foco, especialmente, nas editorias de saúde, bem-estar e comportamento. Tem um grande interesse em pautas feministas e sempre está envolvida com essa temática.

 


Ficou com dúvidas? Kira Responde

Conteúdos pra você

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!