Ilustração de comprimidos em neon sobre fundo escuro para artigo que mostra a relação entre anticoncepcional e trombose

Anticoncepcional e trombose: entenda a relação e os cuidados

18 de abr de 2024
comentários

O medo de ter trombose por uso de anticoncepcional faz com que muitas mulheres se preocupem quanto ao tipo de pílula usado e até busquem outros métodos contraceptivos

Você já ouviu falar da relação entre anticoncepcional e trombose? Tem gente que se pergunta qual anticoncepcional que dá trombose e qual anticoncepcional que não causa trombose. Segue o texto que a gente explica melhor essa combinação.

 

LEIA TAMBÉM:

 

O medo de ter trombose por uso de anticoncepcional faz com que muitas mulheres se preocupem quanto ao tipo de pílula usado e até busquem outros métodos contraceptivos. 

 

No entanto, o assunto ainda é envolto em detalhes e dúvidas que devem ser esclarecidas para prevenir o problema. 

 

Por exemplo, você sabe como identificar os riscos dessa dupla "anticoncepcional e trombose" e sintomas para ficar alerta?

 

Esclarecemos esses e outros pontos a seguir. Vem com a gente.

 

Ilustração de mulher com dor nas pernas, um dos sintomas da trombose

 

O que é trombose

Bora entender, primeiro, o que é trombose

 

Essa condição é caracterizada pela formação de um coágulo na corrente sanguínea. Esse coágulo pode bloquear o fluxo de sangue nas artérias e veias de diversas partes do corpo. E isso é um problema!

 

É como se o sangue formasse uma rolha no vaso sanguíneo e não deixasse o sangue circular.

 

No caso da trombose venosa, a obstrução costuma acontecer nos membros inferiores do corpo, tipo a perna, e, se o coágulo se desprender, pode causar complicações graves como a embolia pulmonar – que é quando esse coágulo chega no pulmão.

 

Já a trombose arterial pode parar o fluxo de importantes vias do cérebro, coração e outros órgãos. Isso pode ocasionar o AVC, que é o Acidente Vascular Cerebral, ou o infarto agudo do miocárdio, no coração.

 

E agora bora entender a relação dessa condição, a trombose, e o anticoncepcional.

 

Quem teve trombose pode tomar anticoncepcional?

Bom, existe uma alta taxa de incidência de "eventos trombóticos" que acomete principalmente as mulheres que fazem uso de anticoncepcionais. Isso acontece devido à presença do hormônio estrógeno na composição dessas pílulas, que promove o aumento dos fatores de coagulação. 

 

Vários estudos foram realizados e comprovaram que o risco de tromboembolismo venoso estava relacionado inicialmente com a relação dose-dependente do conteúdo de estrógeno.

 

Por isso que é tão importante consultar o médico antes de começar a tomar anticoncepcional! O ginecologista vai avaliar riscos ou históricos de trombose prévia ou herdada antes de prescrever a pílula - e ele poderá indicar o anticoncepcional mais seguro para o seu perfil.

 

Pode ser que o médico opte pelo uso de métodos contraceptivos hormonais contendo apenas progestagênios ou métodos não hormonais.

 

Quais os anticoncepcionais que podem causar trombose?

Os estudos mostram que os riscos maiores de trombose estão relacionados às pílulas anticoncepcionais que contém dois hormônios sintéticos combinados, a progesterona e o estradiol, que é o tipo mais potente de estrogênio.

 

Principais sintomas de trombose causada por anticoncepcional

A trombose dá alguns sinais no nosso corpo. Conheça abaixo os sintomas de trombose para ficar atenta:

 

  • Dor;

  • Inchaço;

  • Aumento da temperatura nas pernas;

  • Coloração vermelho-escura ou arroxeada;

  • Endurecimento da pele.

 

Como evitar a trombose tomando anticoncepcional?
As pílulas anticoncepcionais vêm em duas formas. Um tipo contém estrogênio e progestina, enquanto o outro tipo contém apenas progestina. O estrogênio tem sido associado ao aumento do risco de coágulos sanguíneos, pois aumenta os níveis de fatores de coagulação – embora os profissionais de saúde ainda estejam tentando compreender completamente a ligação.

 

Certos tipos de pílulas, o adesivo anticoncepcional e o anel vaginal contêm os dois tipos de hormônios. 

 

Se você quiser evitar o estrogênio, existem outros métodos disponíveis que não incluem esse hormônio

 

Os métodos anticoncepcionais apenas com progestógeno incluem opções de pílulas, injeções e implantes. Existem também alguns DIUs com progesterona.

 

E, por fim, existem os métodos contraceptivos não hormonais, como o DIU de cobre. 

 

O que os estudos indicam é que pílulas anticoncepcionais com doses mais altas de estrogênio podem aumentar o risco de desenvolver coágulos sanguíneos. No entanto, existem pílulas modernas com formulações de estrogênio em doses mais baixas, que apresentam um risco muito menor do que costumavam ser algumas décadas atrás.

 

Existem algumas maneiras de reduzir o risco de desenvolver coágulos sanguíneos e a trombose. Esses incluem:

 

  • Evitar (ou parar) de fumar.

  • Manter (ou atingir) um peso saudável.

  • Praticar exercícios e ser uma pessoa ativa.

 

Métodos contraceptivos indicados para quem já teve trombose

De maneira geral, o problema da trombose pode estar associado a alterações genéticas, mas é relacionado, principalmente, a questões como hipertensão arterial e colesterol. Outros fatores de risco são a obesidade, o sedentarismo e fumar. 

 

Somente especialistas podem indicar o melhor método anticoncepcional para cada mulher, conforme sua idade, histórico familiar e condição financeira. 

 

Além da pílula, existem outros contraceptivos como o dispositivo intrauterino (DIU). A camisinha, além de prevenir uma gravidez indesejada, ainda impede o contato com as doenças sexualmente transmissíveis.

 

Por isso, fale com o seu médico sobre os seus receios. Ele vai te ajudar a encontrar o melhor método anticoncepcional para você!

 

Tati Barros

Jornalista mineira, com mais de dez anos de experiência. É criadora e apresentadora do podcast Solteira Profissional, que aborda o universo de relacionamentos e sexualidade. Produz conteúdos para diversos veículos e formatos, com foco, especialmente, nas editorias de saúde, bem-estar e comportamento. Tem um grande interesse em pautas feministas e sempre está envolvida com essa temática.


Ficou com dúvidas? Kira Responde
Vem fazer parte da Comunidade Intimus®!
Troque ideias sobre suas experiências, tire dúvidas e interaja com meninas e mulheres como você, sobre menstruação ou qualquer outro assunto! Ah, tudo isso sem julgamentos, ok?
Além de toda a troca que você vai ter na comunidade, você ainda ganha recompensas!🏆
Juntas somos mais fortes. 🌸

Conteúdos pra você

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!