adenomiose-1

Adenomiose pode causar sangramento menstrual intenso!

18 de jul de 2023
comentários

Será que você sabe o que é adenomiose? Vem conhecer os principais sintomas, causas e formas de tratamento dessa condição. Clique e saiba mais!

Se você é uma leitora assídua da comunidade de Kira, com certeza já percebeu que temos quase como um mantra a afirmação de que cada corpo é único! E, justamente por isso, cada uma de nós reage às diferentes fases do ciclo menstrual de uma maneira. Mas uma regra vale para toda e qualquer pessoa: a menstruação não deve atrapalhar sua vida. Se você sente dores fortes ou possui um sangramento intenso, algum motivo fora do comum há. E uma das possíveis causas desses sintomas leva o nome de adenomiose

 

adenomiose-2

 

O que é adenomiose?

A dra. Rebeca Gerhardt explica que a adenomiose é uma doença pélvica, e acontece quando o endométrio começa a invadir a musculatura do útero. 

 

Segundo a ginecologista, a adenomiose acontece por uma propensão genética e tem como principal sintoma a menstruação com fluxo intenso.

 

“É preciso considerar, antes de tudo, que não é normal ter cólicas fortes, nem mesmo trocar um absorvente noturno a cada duas horas”, alerta.

 

Relação entre a adenomiose e a endometriose

A endometriose, que talvez seja um nome mais comum para você, é uma doença que acontece quando o endométrio (que é a parede do útero) não se encontra apenas na cavidade uterina, mas também em outras partes, como nos ovários, por exemplo.

 

“Então, de um jeito simplista, podemos dizer que as duas condições - adenomiose e endometriose - são primas. Mas não necessariamente quem tem uma terá a outra”, explica a dra. Rebeca

 

A especialista diz, ainda, que os sinais da adenomiose são mais fáceis de identificar e, por isso, servem como um sinal de alerta para que se possa procurar outros focos de endometriose. 

 

Como tratar a adenomiose

Assim como outras doenças ligadas ao sistema reprodutor feminino, o diagnóstico é feito, em primeiro lugar, por meio de conversa entre paciente e profissional de saúde. Também é comum solicitar o ultrassom pélvico transvaginal, que pode revelar a adenomiose, além de uma ressonância magnética da pelve.

 

A adenomiose pode ser causadora da infertilidade em algumas mulheres, mas não é uma regra. Essa condição pode ser agravada, especialmente, quando a mulher também tem endometriose, uma vez que a doença prejudica a qualidade dos óvulos e das tubas uterinas.

 

adenomiose-3

 

 

Já o tratamento, de acordo com a dra. Rebeca, ocorre basicamente com o uso de hormônios, fazendo uso de progesterona, que pode ser utilizado por meio do DIU, de implantes hormonais ou pílulas anticoncepcionais

 

Mas um recado: nada de se automedicar, ok? Só o médico pode indicar o melhor tratamento em casos assim.

 

E fica o alerta: se você sentir que a menstruação está atrapalhando a sua qualidade de vida, não marca bobeira e agenda uma consulta com seu ginecologista. Qualquer problema cujo diagnóstico é feito precocemente tem muito mais chances de ser contornado. 

 

Tati Barros

Jornalista mineira, com mais de dez anos de experiência. É criadora e apresentadora do podcast Solteira Profissional, que aborda o universo de relacionamentos e sexualidade. Produz conteúdos para diversos veículos e formatos, com foco, especialmente, nas editorias de saúde, bem-estar e comportamento. Tem um grande interesse em pautas feministas e sempre está envolvida com essa temática.

 

 


Ficou com dúvidas? Kira Responde
Vem fazer parte da Comunidade Intimus®!
Troque ideias sobre suas experiências, tire dúvidas e interaja com meninas e mulheres como você, sobre menstruação ou qualquer outro assunto! Ah, tudo isso sem julgamentos, ok?
Além de toda a troca que você vai ter na comunidade, você ainda ganha recompensas!🏆
Juntas somos mais fortes. 🌸

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!