Ilustração de profissional da saúde realizando ultrassom da mama em paciente

Ultrassom de mama: a partir de que idade é recomendado

18 de mar de 2024
comentários

Descubra o que é o ultrassom de mama, quando fazer e quais são os possíveis resultados do exame que você poderá encontrar. Bora lá!

No Brasil, o câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais comum em mulheres - depois do câncer de pele não melanoma. E há uma estimativa de que 74 mil casos novos serão identificados por ano até 2025. Uma das formas de diagnóstico da doença é o ultrassom da mama. Vamos entender como ele funciona e a diferença deste exame para a mamografia.

 

LEIA TAMBÉM:

 

Ilustração de mulher de cabelos longos e escuros segurando fita que simboliza o câncer de mama. Ao seu redor há flores

 

O que é ultrassom da mama

A ultrassonografia mamária auxilia no diagnóstico do câncer de mama. Isso porque se trata de um exame de imagem capaz de analisar lesões nas mamas que são mais complicadas de serem identificadas sem o uso desse recurso

 

Em muitos casos, o ultrassom de mama é usado como complementação de mamografias inconclusivas, especialmente em mulheres que possuem mamas densas ou fatores de riscos para câncer de mama.

 

O ultrassom da mama é bem tranquilo de ser feito e não causa qualquer dor. 

 

Durante o exame, a paciente fica deitada em uma maca sem blusa e sutiã, e o médico desliza o aparelho, chamado de transdutor, nos seios com a ajuda de um gel. Pela tela, o profissional da saúde analisa as imagens transmitidas. 

 

Qual a diferença entre mamografia e ultrassom da mama?

Preparada para uma parte mais técnica? Vamos lá!

 

O ultrassom funciona com ondas sonoras de alta frequência, que disponibilizam imagens da estrutura interna dos nossos órgãos, como a mama.

 

Algumas alterações que podem ser identificadas pelo exame de ultrassom de mama são: 

 

 

Já a mamografia é um tipo específico de radiografia - então ela não opera com ondas sonoras de alta frequência, como o ultrassom.

 

A mamografia é muito importante para a detecção precoce do câncer de mama, além de fazer parte do tratamento, uma vez detectada a doença.

 

O mamógrafo é o aparelho utilizado para fazer a mamografia. Ele comprime a mama e, assim, fornece imagens de alta qualidade para análise do profissional da saúde.

 

Segundo o INCA, que é Instituto Nacional de Câncer, mulheres entre 50 e 69 anos devem fazer uma mamografia de rotina a cada dois anos. 

 

A primeira mamografia, no entanto, costuma ser feita entre os 35 e os 40 anos de idade, para que a condição da mama sirva de base para as avaliações futuras. 

 

De toda forma, existem médicos que pedem a mamografia anualmente a partir dos 40 anos. Sempre vai depender caso a caso.

 

Afinal, o ultrassom de mama é indicado a partir de que idade?

Segundo a Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, nãoregistros de pesquisas que comprovem benefícios em rastrear com ultrassonografia mamária mulheres com menos de 40 anos e risco considerado normal para o câncer de mama

 

Portanto não existe uma indicação formal para a ultrassonografia mamária em mulheres de de 20 ou 30 anos assintomáticas e com risco normal para a doença.

 

No entanto, o seu médico, a partir da análise do seu histórico de saúde e da realização de outros exames, poderá determinar com melhor precisão quando você deve fazer o seu primeiro ultrassom de mama.

 

Por isso as consultas regulares com o ginecologista são tão importantes. Não descuida 😉

 

Tati Barros

Jornalista mineira, com mais de dez anos de experiência. É criadora e apresentadora do podcast Solteira Profissional, que aborda o universo de relacionamentos e sexualidade. Produz conteúdos para diversos veículos e formatos, com foco, especialmente, nas editorias de saúde, bem-estar e comportamento. Tem um grande interesse em pautas feministas e sempre está envolvida com essa temática.


Ficou com dúvidas? Kira Responde

Conteúdos pra você

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!