mulher grávida segurando a barriga, de lado
Corrimento na gravidez: quando tá tudo bem e quando procurar ajuda
4 de jul de 2022

Corrimento na gravidez: quando tá tudo bem e quando procurar ajuda

Kira

O corrimento na gravidez é normal, mas se estiver com cheiro ruim, acompanhado de sangue ou de coceira, sinal de alerta! Vem saber mais

Não é segredo que o corpo muda bastante na gravidez, conforme o bebê cresce. A barriga vai despontando aos poucos, os pés podem inchar, os seios podem crescer e ficar doloridos... Mas e a ppk?! Será que também muda? Será que corrimento na gravidez é normal?

 

desenho de mulher grávida segurando a barriga, sorrindo

 

A gente foi conversar com a dra. Rebeca Gerhardt, nossa ginecologista, para entender isso. Ela disse que durante a gestação acontecem mudanças hormonais no corpo da mulher e também na flora vaginal - o conjunto de microrganismos saudáveis que habitam a região íntima. Uma das consequências dessa mudança é o corrimento na gravidez.

Qual corrimento é normal na gravidez?

A dra. Rebeca explica que é normal perceber uma secreção mais esbranquiçada, com aspecto de muco e em grande quantidade, durante todo o período da gestação.

 

Bora lembrar que ter corrimento é normal entre mulheres, estejam elas grávidas ou não. Mas para as não gestantes, o corrimento "normal", que não está associado a infecções, tem aspecto de clara de ovo e geralmente ocorre em maior quantidade durante o período fértil, quando pode ficar mais esbranquiçado.

 

Você já observou a sua ppk, o seu ciclo menstrual e notou esse corrimento? Ele é transparente ou meio branquinho e não tem cheiro ruim!

 

O corrimento na gravidez é semelhante. Também é claro ou esbranquiçado e não tem cheiro. Mas seu aspecto é mais mucoso mesmo, não tão gelatinoso quanto a clara de ovo. Esse corrimento na gravidez é resultado do aumento de um hormônio chamado estrogênio.

 

Agora, quando o corrimento na gravidez vem acompanhado de sangue, coceira ou mau cheiro – tipo um odor de peixe – aí você precisa ficar atenta. Para tirar qualquer dúvida, procure sua ginecologista. Ela vai te examinar e talvez peça exames.

 

Causas do corrimento na gravidez

As infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), como gonorreia e clamídia, são causas de corrimento anormal na gravidez. Pois é, grávida não está livre disso não, viu?

 

No início da gestação, seu médico provavelmente irá pedir exames para se certificar de que você não possui nenhuma IST. Mas ao longo da gravidez, é bacana usar camisinha pra evitar se contaminar. As doenças sexualmente transmissíveis podem ser ainda mais perigosas para o bebê que está se formando dentro do útero e, por isso, é bom não dar chance ao azar. Proteja você e seu bebê 😉

 

mulher grávida conversando com sua médica, no consultório

 

Grávidas também não estão livres da candidíase, uma infecção provocada por um fungo que pode aparecer na ppk. Infelizmente, essa doença bem chatinha é relativamente comum em qualquer fase da vida, esteja você grávida ou não. Ela causa coceira, ardência ao fazer xixi e um corrimento esbranquiçado e espesso.

 

Transar de camisinha, evitar usar roupas muito abafadas como a calça jeans e deixar a ppk respirar à noite, dormindo sem calcinha, são formas de evitar que a candidíase se instale.

 

Os problemas de saúde da ppk na gravidez geralmente podem ser tratados. Mas se a gente sempre alerta pra você não se automedicar, na gravidez isso é ainda mais sério. Então, se tiver dúvidas, converse com o ginecologista, que, se for o caso, ele indicará medicamentos adequados, levando em conta a gestação. Grávida não pode sair tomando qualquer remédio, combinado?


Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!

Cadastrar-se