Ilustração de médica e paciente

Colo do útero baixo: sintomas e tratamento

8 de jan de 2024
comentários

Você sabe o que é colo de útero baixo? Te explicaremos quais os principais sintomas que essa condição pode causar e como tratar. Vem ver!

Se te perguntássemos o que é o colo do útero, você saberia responder? Se a resposta for não, fica com a gente que vamos entender tudo sobre essa parte tão importante do nosso sistema reprodutivo e, especialmente, sobre o colo do útero baixo. Bora lá!

 

Ilustração de mulher com as mãos na região pélvica e ícone de útero

 

O que é colo do útero baixo

Antes de tudo, precisamos falar do colo do útero em si. Também chamado de cérvix ou cérvice, trata-se da parte inferior e mais estreita do útero.

 

Ele tem como principal função ser uma ligação entre o canal vaginal e os órgãos internos do sistema reprodutor feminino, além de ser uma barreira de proteção para que agentes infecciosos não cheguem ao útero. E, para quem não sabe, é por meio dele também que a menstruação é liberada e por onde o bebê passa no parto normal.

 

Já o colo do útero baixo ocorre quando os músculos e tecidos da pélvis enfraquecem, o que faz com que o útero desça para a vagina. Esta condição recebe o nome de prolapso uterino e atinge quase metade das mulheres entre 50 e 79 anos.

 

Sintomas do colo do útero baixo

Em muitos casos, o chamado útero baixo não apresenta sintomas. Mas quando há manifestação, ela pode ocorrer por meio de:

  

 

O prolapso uterino pode ser leve ou grave. Existem quatro estágios da condição:

  • Estágio I: o útero desce para a parte superior da vagina.

  • Estágio II: O útero cai para a parte inferior da vagina.

  • Estágio III: O útero começa a sair da vagina.

  • Estágio IV: todo o útero desliza para fora da vagina.

 

Dificilmente uma pessoa jovem terá esse tipo de condição, mas se alguém da sua família sentir qualquer um desses sintomas, alerte-a sobre a possibilidade de ser prolapso uterino e indique que ela vá o quanto antes ao médico. 

 

A perda de peso corporal e exercícios de Kegel também podem ajudar a prevenir o útero baixo. Esses exercícios são aliados, uma vez que têm como principal foco o fortalecimento do assoalho pélvico. 

 

Causas do colo do útero baixo e como tratar

Esses são os fatores de risco para o prolapso uterino:

 

  • Dar à luz (aumenta o risco)

  • Parto vaginal (vs. cesariana) 

  • Menopausa

  • Ser de origem caucasiana

  • Ter um histórico familiar da doença

  • Cirurgias pélvicas anteriores

  • Estar acima do peso

  • Fumar

 

Após diagnosticar esse caso, o ginecologista irá avaliar o histórico médico da paciente para indicar o melhor tratamento. Quanto antes essa consulta for feita, maiores as chances de evitar um agravamento do caso. Por isso, mais uma vez, conscientize também as mulheres mais velhas do seu convívio a se cuidarem 💓 E lembre-se: autodiagnóstico e automedicação não são legais. Sempre importante ouvir o diagnóstico do profissional da saúde!

 

Tati Barros

Jornalista mineira, com mais de dez anos de experiência. É criadora e apresentadora do podcast Solteira Profissional, que aborda o universo de relacionamentos e sexualidade. Produz conteúdos para diversos veículos e formatos, com foco, especialmente, nas editorias de saúde, bem-estar e comportamento. Tem um grande interesse em pautas feministas e sempre está envolvida com essa temática.


Ficou com dúvidas? Kira Responde

Conteúdos pra você

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!