ppk
Vagina normal? Toda ppk é linda
26 de jan de 2022

Vagina normal? Toda ppk é linda

Kira

Você sabe como é uma vagina normal? Entenda melhor esse assunto

Você já parou para se perguntar se tem uma vagina normal? Olha, pode ter certeza de que você não é a única, afinal, a pressão estética chega até lá embaixo. É super estranho pensar em quais qualidades fariam uma vagina ser normal, não é?

 

Falando assim fica parecendo até que existe um manual com as medidas certas para cada ppk, mas a verdade é que não existe um padrão sobre o que é uma ppk normal, ou sobre como uma vagina deveria ser. A ppk normal é sempre aquela que... existe! Por isso a gente precisa ter uma conversa sobre o que é uma vagina normal.

 

Ficamos inseguras com a ppk porque não olhamos pra ela

Que atire a primeira pedra quem nunca achou que a ppk deveria ser de outro jeito. Sempre olhamos para o nosso corpo inteiro "caçando defeitos" e com a ppk não poderia ser diferente.

 

Olhamos muito pouco para nossas ppks, e um bom exercício é você pegar um espelhinho e ver como ela é. Afaste os lábios, veja como é a textura da pele, entenda a cor dela, os pelos. E vale se olhar quando você estiver menstruada, quando se masturbar, em diferentes situações. Quanto mais você olhar pra ela, mais vai gostar. Garantido!

 

Ilustração da The Vulva Gallery

 

Nos comparamos a ppks que não existem
O que não falta no mundo de hoje são imagens. Basta dar uma busca na internet que você encontra milhares de ppks, mas vale lembrar que muitas delas têm filtro ou edição de imagem, ou seguem somente um padrão. Isso é parte de um problema sério da nossa sociedade. As mulheres não são estimuladas a olhar para as suas ppks e a amá-las do jeito que são, algo bem parecido com a relação que temos com o corpo todo, não é mesmo?

 

Vemos muitas imagens todos os dias, e quantas não estão alteradas por aplicativos para parecerem sempre "perfeitas", corpos sem dobras, sem pelos, sem poros, sem texturas diferentes na pele – e na maioria das vezes até sem cores diferentes!

 

Para ajudar com essa questão, em particular em relação à vagina, existem algumas iniciativas. Uma delas é a The Vulva Gallery, criada pela ilustradore Hilde Atlanta – que se dedicou a documentar diferentes tipos de ppks em desenhos lindos, para mostrar que vaginas reais são muito diferentes umas das outras e existem em diversos formatos, tamanhos e cores. Vale a pena ver!

 

Imagem da Labia Library

 

É normal a pele da ppk ser diferente do resto do corpo

Tem gente que não gosta da própria ppk porque acredita que ela é mais escura ou mais clara que o resto do corpo, mas é normal que ela tenha uma cor diferente. A ppk de uma mulher adulta possui pelos e mais cor, diferente da ppk das crianças – os hormônios fazem isso acontecer. Sua ppk pode ser mais clara ou mais escura que o resto do corpo – e tá tudo bem. É saudável, natural e bonito.

 

Há uma outra iniciativa, do governo de Victoria, na Austrália, chamada Labia Library, que reuniu milhares de fotos de vaginas normais – sem filtro e sem Photoshop, para que as mulheres se reconheçam na diversidade que existe nos seus corpos. Vale a visita! Quanto mais ppks você ver, mais fácil será perceber que...

 

...sua ppk é linda, porque toda ppk é linda

Ela pode ter um lábio maior que o outro. Pode ter lábios grandes ou bem pequenininhos. Pode ser mais escura, mais clara, mais gordinha ou mais escondida. Toda vagina é normal e toda ppk é linda porque a coisa mais importante sobre ela não é a aparência, e sim, o que ela proporciona pra você.

 

A ppk é parte do seu corpo, ela permite que você menstrue, tenha relações sexuais, que sinta prazer e sinta sensações diferentes. Por esse mundo de possibilidades, que é muito maior do que esse texto, ela é mais do que linda – ela fica exuberante, não é?

 

Se toda ppk é linda, por que tanta gente procura plástica?

Atualmente, o Brasil é campeão mundial de cirurgias plásticas íntimas. Apesar de a prática ter se tornado comum, é importante questionar o que leva uma pessoa a acreditar que precisa mudar uma parte tão íntima por fins puramente estéticos.

 

Devemos sempre decidir por aquilo que nos faz sentir bem. Então, se uma mulher sente que precisa de uma plástica, essa decisão é apenas dela e de mais ninguém. Mas vale lembrar que cirurgias são procedimentos invasivos e que têm riscos. Então, colocar tudo na balança é fundamental. Isso inclui refletir sobre o que realmente incomoda na ppk: é ela em si ou a comparação com as ppks "perfeitas" que você imagina que existem?

Sempre é tempo de fazer as pazes com a sua ppk 😉, e para isso o autoconhecimento e a informação são grandes aliados. Procure imagens de outras vaginas sem filtro e sem retoques, e, principalmente, preste atenção na sua.

 

Toda vagina é normal. Não importa como ela se parece, o que importa é que ela é parte de você. Só por isso, já merece todo o carinho e consideração.


Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!

Cadastrar-se