Ilustração de mulher com pele clara, cabelos castanhos longos, vestindo blusa rosa de manga comprida e gola alta, olhando para o celular

Cisto na parede da vagina? Pode ser o cisto de Gartner

1 de set de 2023
comentários

Você sabe o que é cisto de Gartner? Te contaremos sobre os sintomas e formas de tratamento do cisto na parede da vagina. Clique e saiba mais!

A nossa vagina é envolta de glândulas que desempenham diferentes funções para a manutenção da saúde vaginal. Algumas são bem conhecidas, como as glândulas endometriais, as cervicais e as de Bartholin. No entanto, há algumas outras, como a glândula de Gartner, que pode se tornar um tipo incomum de cisto, chamado cisto de Gartner. Bora entender melhor isso!

 

O que é cisto de Gartner

A dra. Rebeca Gerhardt explica que o cisto de Gartner provém de uma má formação no desenvolvimento da estrutura pélvica, que surge ainda na fase embrionária da gestação. Portanto, quem apresenta esse cisto, já nasce com ele. 

 

Por que o cisto de Gartner ocorre?

Na gestação de uma menina, há um período em que o sistema reprodutor feminino começa a se formar. Uma dessas partes que se desenvolvem é o "ducto de Gartner", um tubinho que tem como função ajudar na formação da vagina e, feito isso, ele desaparece.

 

No entanto, em alguns casos pouco comuns, certas partes desse tubo permanecem escondidas na parede vaginal, e recebem o nome de cistos de Gartner

 

cisto-de-gartner-2

 

Sintomas do cisto na parede vaginal

Segundo a dra. Rebeca, de modo geral, esses cistos são assintomáticos e a mulher pode conviver com eles sem grandes comprometimentos. No entanto, pode-se perceber um caroço no canal vaginal. Nesse caso, alguns sinais são: 

 

  • Desconforto na relação sexual

  • Dores abdominais

  • Desconforto na região pélvica ou vaginal

  • Inchaço localizado

 

 

Tratamento para cisto de Gartner

O diagnóstico é feito por meio de exame físico, podendo ser complementado com exame de imagem para ter uma maior segurança.

 

Já o tratamento é feito por meio da remoção do cisto, que pode ser realizada logo após o parto, com aspiração do líquido cístico, quando identificado no nascimento. Outra opção é fazer uma intervenção cirúrgica para removê-lo, quando o cisto de Gartner é identificado já na fase adulta e causa problemas para a mulher.

 

O importante é ter sempre um acompanhamento médico para perceber alterações no tamanho do cisto, assim como se faz quando existem cistos nos ovários, e possíveis comprometimentos. Por isso, bora lembrar da importância de não negligenciar a manutenção da sua saúde, com consultas ginecológicas e exames de rotina. Combinado?

 

 

Tati Barros

Jornalista mineira, com mais de dez anos de experiência. É criadora e apresentadora do podcast Solteira Profissional, que aborda o universo de relacionamentos e sexualidade. Produz conteúdos para diversos veículos e formatos, com foco, especialmente, nas editorias de saúde, bem-estar e comportamento. Tem um grande interesse em pautas feministas e sempre está envolvida com essa temática.


Ficou com dúvidas? Kira Responde
Vem fazer parte da Comunidade Intimus®!
Troque ideias sobre suas experiências, tire dúvidas e interaja com meninas e mulheres como você, sobre menstruação ou qualquer outro assunto! Ah, tudo isso sem julgamentos, ok?
Além de toda a troca que você vai ter na comunidade, você ainda ganha recompensas!🏆
Juntas somos mais fortes. 🌸

Conteúdos pra você

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!