o-que-e-misoginia-1

O que é misoginia? Vem entender o que é essa palavra

6 de out de 2022
comentários

Saiba quais atitudes são frutos da misoginia, que deve ser combatida

A misoginia é um tema que está ainda mais em pauta nos últimos tempos. E é essencial entender essa aversão às mulheres, para virarmos esse jogo de opressão que nos atinge há séculos. Esse ódio à mulher é muito mais do que um sentimento, uma vez que gera comportamentos que oprimem e tiram vidas.  

  

o-que-e-misoginia-2

 

O que é misoginia?

Na obra “Misoginia: a violência contra a mulher numa visão histórica e psicanalítica”, os autores falam que a misoginia é o “prejuízo mais antigo do mundo” e pode se manifestar de incontáveis formas, como discriminação sexual, violência e objetificação sexual das mulheres. 

  

Isso sem falar, é claro, de todos os tipos de violência que atingem o gênero feminino, sejam agressões físicas, psicológicas, sexuais, mutilações, perseguições e que, muitas vezes, acabam culminando no feminicídio, que é o homicídio praticado contra a mulher em decorrência do fato de ela ser mulher.

 

Misoginia e feminicídio

De acordo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, 1 mulher é vítima de feminicídio a cada 7 horas. A misoginia faz com que, pelo menos, 3 mulheres morram por dia simplesmente por causa do seu gênero. Isso sem falar das tentativas de assassinato.

 

É preciso considerar, também, que existe uma subnotificação muito relevante e é fácil saber a razão disso. O patriarcado sempre se fortaleceu por meio da opressão. Ao calarem as mulheres, nos fazem acreditar que não somos suficientes e, ao nos descredibilizarem, nos amedrontam. 

  

Não é raro o homem usar argumentos de que a mulher é louca e assim fazer com que qualquer coisa que ela diga já venha acompanhada de dúvidas e descrença. Também não é raro que homens façam ameaças de morte ou de tirarem os filhos de perto das mulheres. São vários e vários os "modus operandi" para silenciar uma mulher.  

 

E a misoginia também está presente de formas mais sutis no dia a dia, viu? Quando homens não deixam mulheres falarem em reuniões, quando ficam com créditos por trabalhos feitos por elas, quando direcionam xingamentos nas redes sociais, quando objetificam seus corpos... até mesmo quando duvidam de conhecimentos e capacidades, sejam relacionados a esportes, políticas, direção no trânsito e tantos outros, simplesmente pelo fato de a pessoa ser uma mulher

 

Sabe aqueles memes e piadas machistas? Tudo fruto de pensamentos misóginos que não podemos ignorar ou “passar pano”. 

 

o-que-e-misoginia-3

 

E, vale dizer, existe uma lei para casos de misoginia na internet, viu? A Lei 13.642/18, conhecida como “Lei Lola”, foi criada pela deputada federal cearense Luizianne Lins e atribui à Polícia Federal a investigação de casos de misoginia na internet. 

 

A parlamentar criou, também, o Projeto de Lei 1960/21 que busca tipificar a misoginia como crime de injúria motivado por gênero.

 

É fundamental a gente saber os nossos direitos e combater esses crimes no dia a dia. Juntas somos muito mais fortes!

 

Tati Barros

Jornalista mineira, com mais de dez anos de experiência. É criadora e apresentadora do podcast Solteira Profissional, que aborda o universo de relacionamentos e sexualidade. Produz conteúdos para diversos veículos e formatos, com foco, especialmente, nas editorias de saúde, bem-estar e comportamento. Tem um grande interesse em pautas feministas e sempre está envolvida com essa temática.

 


Ficou com dúvidas? Kira Responde
Vem fazer parte da Comunidade Intimus®!
Troque ideias sobre suas experiências, tire dúvidas e interaja com meninas e mulheres como você, sobre menstruação ou qualquer outro assunto! Ah, tudo isso sem julgamentos, ok?
Além de toda a troca que você vai ter na comunidade, você ainda ganha recompensas!🏆
Juntas somos mais fortes. 🌸

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!