Ilustração de mulher tapando virilha com as mãos

Os temidos flatos vaginais. Isso já aconteceu aí?

30 de jan de 2023
comentários

Nós te contamos o que são os tão temidos flatos vaginais! Vem descobrir as causas e de que forma é possível evitar os flatos pela vagina! Bora descobrir mais sobre isso!

Uma pergunta para pessoas com vagina que são sexualmente ativas: vocês já passaram pela situação de, durante a relação sexual, perceberem que soltaram um “pum vaginal”? Os flatos vaginais podem ser um momento levemente constrangedor, mas pode ficar tranquila que não acontece só com você e é mais comum do que se imagina!

 

o-que-sao-flatos-vaginais-2

 

O que são flatos vaginais?

Vamos lá: o que causa essa situação é a presença de gases na vagina e, durante o sexo, o pênis empurra esse gás, que sai em forma de barulho quando a pessoa, por exemplo, muda de posição.

 

O que causa os flatos pela vagina?

Os flatos pela vagina não estão ligados a uma doença, no entanto, há algumas condições que podem colaborar para isso.

 

Pessoas que possuem uma musculatura do assoalho pélvico enfraquecida apresentam um risco maior de entrada e saída de ar da ppk, uma vez que é essa musculatura que garante o fechamento total da vagina ao redor do pênis.

 

Há posições sexuais que fazem com que os flatos vaginais ocorram com mais frequência, como quando os joelhos estão dobrados sobre o abdômen, próximos à altura do peito. Mas, vale dizer, que não é só no sexo que isso acontece. Até mesmo certas posições de yoga podem favorecer essa situação de liberação de ar, já que a musculatura pélvica fica mais relaxada. 

 

Uma pesquisa publicada no Jornal Internacional de Uroginecologia e feita com 570 mulheres mostrou que flatulência vaginal foi relatada por 33% delas. E mais: elas identificaram os seguintes fatores precipitantes: relação sexual (71%), alteração postural (22%) e atividade física (9%).

 

Como evitar os flatos vaginais?

Uma região íntima fortalecida está menos sujeita aos flatos vaginais. E, para fortalecer essa musculatura, alguns exercícios são recomendados. Vem conhecer dois bem fáceis, que você pode fazer no dia a dia:

 

 
  1. Esse exercício não poderia ser mais simples. Basta você contrair e relaxar os músculos da região pélvica, como se estivesse segurando o fluxo do xixi. O bom é que você pode fazer isso enquanto faz outras atividades cotidianas. Dica extra: inspire enquanto vai prendendo, sinta contrair e subir um pouco os músculos. Solte quando soltar o ar. Pode começar fazendo 5 vezes, depois passa para 10, pelo menos duas vezes ao dia. 

  1. Já acostumada com o exercício anterior, comece a treinar segurar a contração. Primeiro conte até 5 antes de relaxar. Depois, tente aumentar para 7, para 10 e 15. Faça também 10 séries de contrair, segurar e relaxar, duas vezes ao dia. 

 

 

 

o-que-sao-flatos-vaginais-3

 

Quanto mais você conhece e adquire controle sobre o seu corpo, mais prazerosa fica a sua relação com o sexo 🔥

 

Tati Barros

Jornalista mineira, com mais de dez anos de experiência. É criadora e apresentadora do podcast Solteira Profissional, que aborda o universo de relacionamentos e sexualidade. Produz conteúdos para diversos veículos e formatos, com foco, especialmente, nas editorias de saúde, bem-estar e comportamento. Tem um grande interesse em pautas feministas e sempre está envolvida com essa temática.


Ficou com dúvidas? Kira Responde
Vem fazer parte da Comunidade Intimus®!
Troque ideias sobre suas experiências, tire dúvidas e interaja com meninas e mulheres como você, sobre menstruação ou qualquer outro assunto! Ah, tudo isso sem julgamentos, ok?
Além de toda a troca que você vai ter na comunidade, você ainda ganha recompensas!🏆
Juntas somos mais fortes. 🌸

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!