O guia definitivo do corrimento
24 de nov de 2021

O guia definitivo do corrimento

Kira

Corrimento é um acontecimento comum na vida das mulheres. Entenda de vez o que é corrimento e tire todas as suas dúvidas

Vamos direto ao ponto: corrimento é uma secreção que sai da sua ppk. Qualquer secreção. Quando você se pergunta o que é corrimento, pense em qualquer umidade que sai e que você percebe na sua calcinha. Nem sempre o corrimento é sinal de que alguma coisa está errada. Na maioria das vezes você terá uma umidade natural na ppk e o corrimento será sinal de que ela está funcionando com saúde, lubrificada e umedecida.

 

Então, primeira coisa: não encane com toda secreção que sai da vagina, ok?

 


Mas é verdade também que o corrimento pode significar muitas coisas, desde apenas uma movimentação natural da umidade da sua ppk, como falamos, equilibrando as bactérias e o PH dela, ou talvez alguma doença ou infecção.

 

Por isso, é tão importante conhecer um pouco mais sobre as cores do corrimento e o que elas podem significar.

 

Quais são os tipos de corrimento normais, não relacionados a doenças?

O corrimento vaginal fisiológico, o "normal", por assim dizer, que não tem relação com infecções, pode ser desde transparente até branco, e ele varia na textura. É possível perceber que ele muda de consistência ao longo do ciclo menstrual, passando de líquido, aquoso, elástico, clara de ovo, leitoso e até parecendo uma pomada. O corrimento normal fisiológico faz parte da vida de toda mulher, então não precisa se constranger porque sai secreção da sua ppk. O que pode ser legal, se fizer sentido pra você, é ter sempre a mão um protetor diário para trocar no meio do dia e se sentir fresquinha 😊

 

O corrimento que engrossa, mas não apresenta cheiro (no máximo um odor suave) não costuma a ser motivo de incômodo e nem de preocupação.

 

Corrimento anormal

O corrimento pode sofrer alterações e aí sim estar relacionado a vaginites, que são as infecções causadas por bactérias ou fungos na ppk. O corrimento alterado também pode acontecer pela presença de algum elemento estranho na ppk ou por uma mudança hormonal como a menopausa.

 

Nesses momentos, as cores e a espessura da secreção podem variar de acordo com a causa. Então, o corrimento pode ficar esbranquiçado, cinza, marrom, amarelado e apresentar diferentes texturas – desde cremoso até em flocos.

 

Se o corrimento deixar de ser transparente ou branco sem cheiro, é o momento de procurar um médico.

 

 

Por isso, o mais importante é sempre estar de olho na sua ppk. O que a gente sempre fala aqui é para não ter medo ou vergonha de se tocar, se olhar e até de cheirar os fluidos que saem de você. Isso é importante, porque você é a maior protetora da sua saúde, e, ao se conhecer bem, vai perceber quando algo não está normal.

 

Se o corrimento arder, mudar de cor ou cheiro, procure uma ginecologista. Pode não ser nada grave, às vezes você vai precisar de uma pomadinha, mas só o médico pode indicar o tratamento. A automedicação não é legal. Sem a ajuda de uma ginecologista, você pode acabar piorando uma doença simples, então sempre procure um médico quando perceber que algo está diferente do normal. 

Vem conversar com a gente!

Que tal trocar uma ideia com a nossa comunidade? Deixe seus comentários e bora aprender juntas!

Comentários

Cadastre-se para comentar e participar!

Cadastrar-se